Saiba Emagrecer de Maneira Saudável

O excesso de peso é um dos fatores mais preocupantes nos dias de hoje, chegamos em níveis alarmantes. Nos Estados Unidos, nada menos de 97 milhões de pessoas (35% da população) estão acima do peso normal. E, destas, 39 milhões (14% da população) pertencem à categoria dos obesos. O problema de forma alguma se restringe aos países ricos.

Leia também: Phyto Power Caps

Com todas as suas carências, o Brasil vai pelo mesmo caminho: 48% da população (mais de 69 milhões de pessoas) está com excesso de peso e 10% dos adultos (cerca de 10 milhões) são obesos. A tendência é mais acentuada entre as mulheres (12% a 13%) do que entre os homens (7% a 8%). E, por incrível que pareça, cresce mais rapidamente nos segmentos de menor poder econômico.

vilões do emagrecimento
O inimigo, desta vez, consiste num modelo de comportamento que pode ser resumido em três palavras: sedentarismo, comilança e estresse. Estamos vivendo a era da globalização de um modo de vida baseado na inatividade corporal frente às telas da TV e do computador, no consumo de alimentos industrializados, cada vez mais gordurosos e açucarados, e num altíssimo grau de tensão psicológica.
Em ritmo acelerado, as culinárias tradicionais vão sendo atropeladas pelo fast food. E bilhões de seres humanos estão migrando dos carboidratos in natura para as gorduras e carboidratos simples (farinha branca, açúcar refinado e doces).

Leia também: Womax

As consequências dessa alimentação engordurada: artérias entupidas e diabetes são apenas algumas das possíveis consequências do excesso de peso. Mas, independentemente das consequências, existe hoje uma unanimidade entre os médicos para considerar a própria obesidade como uma doença. E o que é pior: uma doença crônica e incurável. Como a gordura precisa ser estocada no organismo, toda pessoa com excesso de peso tem aumento do número de células adiposas (obesidade hiperplástica) ou um aumento do peso das células adiposas (obesidade hipertrófica) ou uma combinação das duas coisas

Leia também: Megalizz Funciona

atividade física e alimentação equilibrada são essenciais para emagrecimento saudável
O sedentarismo é a causa mais importante do excesso de peso e da obesidade. Por esse simples motivo, a atividade física tem que ser o primeiro item de qualquer programa realista de tratamento da doença. A pessoa sedentária deve começar reeducando-se em suas atividades cotidianas. Se ela mora em apartamento, por exemplo, pode utilizar as escadas em vez do elevador. Mesmo isso, porém, deve ser feito gradativamente. A pessoa que mora no sétimo andar pode subir apenas um lance de escada no primeiro dia e o restante de elevador. E ir aumentando o esforço, dia após dia, até conseguir galgar todos os andares. A partir daí, abre-se espaço para uma atividade física sistemática [caminhada, esteira, corrida, bicicleta, hidroginástica, natação, remo, dança, musculação, aulas de circuito].